Buscar

Balança comercial fecha 2017 com o maior superávit da história


Desde seu início em 1989, foi o melhor resultado em 12 meses apresentado na exportação. O resultado das exportações foi 217,746 bilhões de reais e importou 150,745 bilhões de reais no ano.

Houve um aumento nas exportações e um aumento também nas importações. Os números são otimistas e pode significar uma fase de crescimento econômico no país.

Em comparação com 2016, o Brasil aumentou suas exportações em 18,5%. O resultado é um superávit de US$ 67 bilhões.

No ano de 2016 com a crise que abalou a economia do Brasil o superávit foi de 47,7 bilhões de reais, mas houve um recuo das importações em 20%.

Entre os produtos que mais foram exportados, estão: minério de ferro, soja, celulose, milho e petróleo bruto, produtos semimanufaturados de ferro ou aços. O recorde em valores há uma mudança de produtos: automóveis e veículos de carga, máquinas pesadas, entram na relação. Segundo o ministério da economia, o que contribuiu para esse resultado foram os aumentos dos produtos como ferro e aço 40,9%, petróleo 11,3% e açúcar 10,7%.

A China e os Estados Unidos são os maiores parceiros brasileiros no lado comercial. Em primeiro lugar a China, que chega a marca dos 40% das exportações brasileiras.

O Brasil tem previsão de um aumento do PIB para 2018 de 2,7%. Essa previsão é dada por economistas e não por políticos.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados