Buscar

Radares já estão em operação nas estradas federais brasileiras


O Brasil é o país do descanso e do descaso. Uma medida que não poderia ser deixada para última hora, mas aconteceu. Radares das estradas federais do Brasil foram desligados e foram encapados por um plástico preto. Após vários dias sem funcionar, o governo renovou o contrato com a prestadora de serviços. Já estão em atividade por todo o país os radares de rodovias federais.

É um verdadeiro desrespeito com a sociedade brasileira. É um descaso, ou uma economia de 30 dias? Uma licitação que deveria ser realizada um mês antes da finalização do contrato, foi realizada um mês após seu término.

As estradas brasileiras ficaram sem fiscalização, justamente durante os meses de férias em que mais há maior movimento nas estradas. Mesmo com a fiscalização móvel realizada pela PRF, não sendo suficiente, o fato é real. A experiência nas estradas faz a diferença. Pessoas que viajam constantemente nas rodovias, tem uma experiência muito maior e uma forma de ver a estrada diferenciada daqueles que a usam em feriados, apenas. A maioria das pessoas que usam uma rodovia, não tem ideia do que é um acidente em alta velocidade e das consequências e danos que ele pode causar, não só ao seu veículo, mas, ás pessoas envolvidas em um acidente. Só após a perda de entes da família ou a invalidez, é que tem real consciência do que é um veículo em alta velocidade com ultrapassagens indevidas e sinalização incorreta, sem uso dos equipamentos de segurança e celulares em uma viagem, além da manutenção correta do veículo. Sem fiscalização nas estradas, é muito mais perigoso e o governo tem consciência disso.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados