Buscar

João Doria desiste do Planalto e diz que Alkimin saiu na frente no PSDB


O prefeito de São Paulo desistiu do Palácio do Planalto na corrida para Presidente da República em 2018. Doria reconheceu que Geraldo Alkimin está mais estruturado no PSDB e tem o apoio da maioria dos estados onde os tucanos comandam. E onde o PSDB não tem governador e prefeito, mesmo assim, Alkimin tem a preferência dos tucanos locais. Sendo assim, Doria mudou o foco e está de olho na corrida para governador do Estado de São Paulo nas próximas eleições. Aí, tem um porém. O vice de Alkimin, Márcio França, também está de olho nesta vaga. Será que o PSDB irá abrir mão do apoio do partido do vice-governador (PSB) para indicar Doria como candidato?

Doria foi apadrinhado por Geraldo Alkimin e participou do seu primeiro pleito recentemente onde ganhou no primeiro turno. Um feito inédito na cidade de São Paulo. Não seria interessante para o PSDB apoiar Márcio França em troca do apoio do PSB para presidente e lançar futuramente o atual prefeito de São Paulo?


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados