Buscar

Ministério Público pede bloqueio de 24 milhões nas contas de Lula e do filho mais novo


No processo em que o ex-presidente figura como réu por tráfico de influência e outros crimes na Justiça Federal de Brasília


A Procuradoria da República do Distrito Federal solicitou a 10ª Vara Federal de Brasília que sejam bloqueados o valor de R$ 24 milhões em bens e em valores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho mais novo Luis Cláudio. Trata-se de desdobramento da Operação Zelotes relacionado a prorrogação de incentivos fiscais destinados a montadoras de veículos editada por meio de medida provisória na administração de Lula. Refere-se também, às negociações de caças suecos adquiridas pelo governo brasileiro. O ex-presidente foi denunciado por tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa pelo MP. Referente a Luis Cláudio, o bloqueio é referente ao repasse de 2,5 milhões recebida por uma empresa de marketing esportivo de Luis Cláudio.