Buscar

Presidente da Câmara Zacarias Piva conversou com vereadores presentes na 97ª Reunião Ordinária da Av


Em Reunião Ordinária da Associação dos Vereadores e Câmaras Municipais do Sul de Minas – Avemag -, realizada na última sexta-feira (27), em Cristina, o presidente da Câmara Municipal de Varginha e presidente da Avemag, Zacarias Piva, abordou três importantes temas que têm sido muito discutidos pelos Legislativos da região.

Um deles é a questão do contrato com a Copasa e a criação da Lei Piva, que permitiu ao Município de Varginha receber, por meio de um fundo, cerca de R$ 65 milhões da concessionária. Valor que terá que ser investido em serviços de saneamento básico. “Percebemos a insatisfação dos vereadores da região com a prestação de serviços nas áreas de abastecimento de água e de saneamento básico. O que fizemos em Varginha, ao criar a emenda que permitiu a criação do Fundo Municipal de Saneamento Básico, tem sido amplamente divulgado pela região e temos virado referência neste assunto. Ficamos satisfeitos em perceber que uma atitude local tenha tomado uma proporção tão grande”, explica Zacarias Piva.

Outro assunto importante que foi tratado na reunião foi o funcionamento do Centro de Oncologia de Varginha. Recentemente foi até interrompido o atendimento a novos pacientes dos municípios credenciados, mantendo apenas a admissão de novos pacientes de Varginha, por uns dias. O atendimento voltou à normalidade depois que o Governo do Estado repassou uma verba e prometeu quitar outras despesas. “O Centro Oncológico atende pacientes de mais de 170 cidades da região, realizando um trabalho exemplar e salvando muitas vidas. Sabemos que os custos para tratamentos nessa área são altíssimos e é necessário vir ajuda de todos os lados. Somente com verbas de Varginha é impossível mantê-lo funcionando. Por isso conclamo aos nobres colegas que nos ajude, cobrem dos prefeitos, dos deputados, governador e até do presidente mais verbas para a Oncologia do Hospital Bom Pastor. É um caso urgente e que deve ter nosso maior empenho, pois estamos falando de salvar vidas”, pediu Zacarias.

Ainda na área da Saúde, uma iniciativa que tem repercutido muito bem pelo Estado e que foi tema de muitas perguntas na reunião da Avemag, foi a economia da Câmara de Varginha, que abriu mais de R$ 2,5 milhões em seu orçamento e solicitou ao Executivo que ajudasse o Hospital Regional do Sul de Minas e o Centro de Oncologia do Hospital Bom Pastor. “Recebemos muitos vereadores de outras cidades em Varginha nos perguntando como foi que fizemos isso. A resposta é uma só: prioridade. A prioridade dos vereadores de Varginha é auxiliar no que for necessário para que os cidadãos tenham uma cidade melhor para se viver. Dessa forma, vendo como a Saúde precisa de recursos e que é possível economizarmos, a Câmara reduziu seu orçamento duas vezes, permitindo que a Prefeitura pudesse auxiliar essas importantes instituições e melhorar o atendimento aos nossos pacientes”, disse Piva.

Todos os presentes ficaram entusiasmados com as iniciativas realizadas pelo Legislativo de Varginha e demonstraram muito interesse em levar para suas cidades essas ações. Interesse esse muito elogiado pelo presidente da Avemag. “Precisamos fortalecer o associativismo e utilizar desse nosso tempo na Avemag para somar. Todas as boas ideias que tivermos, vamos compartilhar e, dessa forma, deixar o Sul de Minas no topo das regiões mais importantes do Brasil”, concluiu Zacarias.



SUGESTÃO DE LEGENDA: Presidente Zacarias Piva (centro) conversou com os vereadores presentes na 97ª Reunião Ordinária da Avemag

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados