Buscar

General Antonio Hamilton Martins Mourão é criticado pelo Ministro da Defesa em suas declarações em B


Quem fala o que quer, escuta o que não quer.

O Ministro da Defesa, Raul Jungmann, criticou duramente às declarações dadas pelo General Antonio Hamilton Martins Mourão na Loja Maçônica Grande Oriente em Brasília, nesta sexta-feira (15), quando citou a possibilidade de intervenção militar, caso os casos de corrupção não sejam julgados com tal, pelo judiciário. A declaração foi repugnada pelos próprios colegas de Mourão. No final, afirmando que "Militares tem compromisso com a pátria, independentes de serem aplaudidos ou não. O que interessa é termos a consciência tranquila de que fizemos o melhor e que buscamos, de qualquer maneira, atingir esse objetivo. Então, se tiver que haver, haverá.”

Em contra partida, o General Eduardo Vilas Bôas, não confirmou nada neste sentido, muito pelo contrário. "Não há qualquer possibilidade de intervenção militar". O General Antonio Hamilton M Mourão não precisava passar por isso. Houve aí, uma abordagem que não lhe caberia responder, ou não dessa forma, sabendo ele, que o Comandante seria a pessoa certa para responder tal pergunta.

Vilas Bôas, afirmou que defende a manutenção da democracia e a preservação da Constituição.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados