Buscar

Lula estará de frente com Moro às 14 horas para novo depoimento em Curitiba


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá depor em Curitiba na sede da Justiça Federal, hoje às 14 horas. O depoimento trata-se da "Operação Lava-Jato" em que Lula é citado várias vezes, inclusive, por ex-colegas e fundadores do PT, como é o caso de Antonio Palocci. Será ouvido também o ex-assessor de Palocci, Branislav Konti.

O ex-presidente é réu em vários processos e responde pela segunda vez em Curitiba. No primeiro processo julgado, Lula foi condenado a 9 anos e seis meses. Agora, acusado de receber propina da Construtora Odebrecht, relativo a compra de um terreno realizada pela construtora e doado ao Instituto Lula para a construção de sua nova sede e um apartamento vizinho ao do ex-presidente em São Bernardo do Campo. As propinas aqui tratadas se aproximam de 75 milhões de reais, pagas pela Odebrecht a funcionários da Petrobras e políticos ligados ao ex-presidente.

Em relação a primeira condenação, os advogados do ex-presidente, tentam de todas às formas anular a sentença, justificando que o juiz Sérgio Moro não ouviu as testemunhas apresentadas pela defesa e alegam que o juiz não agiu conforme a Constituição Federal. Será muito difícil os argumentos da defesa serem acatados pela justiça, pois, todos os comentários na área jurídica em relação a condenação do ex-presidente, são irretocáveis (segundo juízes pelo país).