Buscar

Museu Dona Beja, em Araxá, irá reabrir em 2018


Dona Beja, nasceu em Formiga no ano de 1800. Foi para Araxá em 1805 onde residiu por muitos anos. Era muito bonita e chamava a atenção dos homens causando inveja nas mulheres da cidade. Foi raptada muito bonita e chamava a atenção dos homens causando inveja nas mulheres da cidade. Foi raptada por Joaquim Inácio Silveira da Mota, ouvidor do rei na época. Foi amante de Joaquim por doia anos, até que o rei D. João VI, o chamou de volta para o Rio de Janeiro. Dona Beja, acumulou fortuna nestes anos em que prestou seus serviços ao ouvidor. Com a ida de Joaquim para o Rio, Dona Beja resolveu voltar para Araxá. Não tinha uma boa reputação em Araxá, principalmente, por parte das mulheres. Então, construiu uma bela casa e montou na um luxuoso bordel, conhecido como a «Chacará do Jatobá». Assis Chateaubriand fundou a Instituição em sobrado colonial de dois pavimentos, localizado no centro de Araxá. Omuseu será restaurado e aberto ao público em 2018, no 145º aniversário de Dona Beja.xá, principalmente, por parte das mulheres. Então, construiu uma bela casa e montou na um luxuoso bordel, conhecido como a «Chacará do Jatobá». Assis Chateaubriand fundou a Instituição em sobrado colonial de dois pavimentos, localizado no centro de Araxá. Omuseu será restaurado e aberto ao público em 2018, no 145º aniversário de Dona Beja.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados