Buscar

Frigoríficos sob investigação


A Polícia Federal deu informações sem conhecimento de causa e deturpou o mercado e a confiabilidade da carne brasileira. Na realidade, as investigações que estão sendo feitas, segundo o Ministro da Agricultura, são referentes à venda de certificados e não sobre a qualidade dos produtos brasileiros exportados para mais de cem países no mundo.

Blairo Maggi, diz que é natural que os países importadores cobrem explicações do Brasil sob os fatos divulgados. Mas discorda da forma que foram divulgados.

"As empresas brasileiras investiram milhões de dólares para ter a condição de exportação, e não vão misturar papelão na carne, isto é um absurdo". Está claro no áudio fala em embalagem do produto e não em misturar carne com papelão.

O Brasil é o maior exportador de carne do mundo e denúncias dessa natureza, podem comprometer o país. Maggi, cobrou da PF que denúncias como essa tem que ter avaliação de membros especializados. Não se pode jogar água abaixo, investimentos dessa natureza.

Segundo a Polícia Federal, o ministério só não foi avisado, porque existem pessoas de dentro do próprio ministério que estão sendo investigadas.

O Presidente da República, tratou imediatamente de convocar uma reunião para mostrar ao mundo que a carne brasileira é confiável e que produtos citados pela PF, são permitidos.