Buscar

STF adia processo contra Fernando Pimentel


O STF suspende o processo por tempo indeterminado. Como a votação para que não haja necessidade da aprovação do STJ de Minas Gerais estava em 5 a 4 contra a medida, a Ministra Cármen Lúcia, Presidente do Supremo Tribunal Federal, resolveu adiar a votação até a chegada do novo ministro Alexandre de Moraes e de Gilmar Mendes que não tinha comparecido no Supremo neste dia. Mas, provavelmente, o resultado deve permanecer contra a interferência do STJ Mineiro. Pimentel deve ser julgado pelo STF e não deve escapar do afastamento do cargo de Governador de Minas Gerais, já que a votação pelo andamento da ação está em 5 x 4. Pimentel, foi denunciado pelo PGR (Procuradoria Geral da República) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da operação Acrônimo. Pimentel é acusado de receber propina da montadora de veículos Acoa para favorecê-la no Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, onde o Governador atuou entre 2011 e 2014.


35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados