Buscar

Gráficas estão na mira de investigação da PF e do TSE


Há dois anos, o PSDB entrou com uma ação no TSE para verificar às contas de campanha da chapa Dilma e Temer. As gráficas, estão agora, na mira da investigação. Neste momento a PF e o TSE estão confrontando documentos para que possam montar e finalizar o processo, favorável ou não a chapa eleita.

Há gráficas que não tem nota fiscal integral da prestação de serviços. E pior, houveram pagamentos sem comprovação de documentos. O que implica em propina, desvio de verba. Existem gráficas de fachada. Ou seja, o endereço não confere com os documentos apresentados, sendo que, neste endereço, nunca esteve uma gráfica, ali instalada. O que não se sabe, é se estas declarações estão dos dois lados do PT e PMDB. Por isso, Temer pediu a separação das contas, pois disse não ter conhecimento dos atos e verbas do PT. Dilma, por outro lado, através de seus advogados, diz que às prestações de contas estão de acordo e dentro da lei, totalmente declaradas.

35 3221-0556      Varginha - MG
O Debate - 2020 © Todos os direitos reservados